Aula de redação

Sexo precoce? Gravidez precoce?

Posted on: julho 6, 2008

Gravidez Precoce ( do Editorial da Folha de São Paulo )

AS BRASILEIRAS estão fazendo sexo cada vez mais novas. A recém-divulgada Pesquisa Nacional de Demografia e Saúde da Criança e da Mulher, realizada por encomenda do Ministério da Saúde, mostra que, em 2006, 32,6% das jovens diziam ter tido a primeira relação aos 15 anos ou antes. Em 1996, esse índice atingia apenas 11,5%. É um aumento de quase três vezes.
Tal dado, embora possa deixar alguns pais em desassossego, não é motivo para grande preocupação. Comparações internacionais como as periodicamente realizadas pelo instituto Guttmacher mostram que não há uma correlação fatídica entre níveis de atividade sexual e as complicações que se desejam evitar, como a gravidez não-planejada e as doenças venéreas.
Pelo menos nas nações mais desenvolvidas, a idade em que as garotas têm sua primeira relação sexual e a freqüência com que se dedicam à atividade variam pouco. Já as taxas de gravidez precoce e aborto são as mais díspares possíveis. Nos EUA, por exemplo, ocorrem 53 nascimentos anuais por grupo de mil jovens entre 15 e 19 anos, contra 5 na Suíça e na Dinamarca e 4 no Japão.
Nessas estatísticas do Fundo de População da ONU, relativas a 2002, o Brasil aparece com 73 nascimentos por milhar de meninas, bem longe do campeão Níger, que ostenta 233.
São vários os fatores que determinam tais diferenças. O mais poderoso deles, que rasga um fosso entre as nações mais ricas e as em desenvolvimento, são os anos de escolaridade. Mesmo no Brasil, que não é nenhum Níger, meninas com mais de 12 anos de estudo têm seu primeiro filho com 26 anos, contra 19 das que só contam com 3 anos de instrução. A educação ainda é o melhor contraceptivo.
Outro elemento relevante para evitar as complicações do sexo é o fácil acesso a preservativos e outros meios de evitar filhos bem como a serviços de saúde reprodutiva. Em suas análises, o instituto Guttmacher destaca ainda a aceitação social da atividade sexual de jovens. O problema não reside em fazer sexo, mas sim em deixar de fazê-lo de forma responsável.

http://www1.folha.uol.com.br/fsp/opiniao/fz0607200802.htm

……………………………………………………………….

A adolescência caracteriza-se por ser um período de descoberta do mundo, dos grupos de amigos, de uma vida social mais ampla. Assim, a gravidez pode vir a interromper, na adolescente, esse processo de desenvolvimento próprio da idade, fazendo-a assumir responsabilidades e papéis de adulta antes da hora, já que dentro em pouco se verá obrigada a dedicar-se aos cuidados maternos.

O prejuízo é duplo: nem adolescente plena, nem adulta inteiramente capaz. A adolescência é também uma fase em que a personalidade da jovem está se formando e, por isso mesmo, é naturalmente instável. Hoje, os meninos e meninas entram na adolescência cada vez mais cedo. O início da ejaculação e da menstruação indicam que eles estão começando a sua vida fértil, isto é, que chegaram àquela fase da vida em que são capazes de procriar.

- Repercussões da gravidez na adolescência:
Ao engravidar, a jovem tem de enfrentar, paralelamente, tanto os processos de transformação da adolescência como os da gestação. Isto, nesta fase, representa uma sobrecarga de esforços físicos e psicológicos tão grande que para ser bem suportada necessitaria apoiar-se num claro desejo de tornar-se mãe. Porém, geralmente não é o que acontece: as jovens se assustam e angustiam-se ao constatar que lhes aconteceu algo imprevisto e indesejado. Só este fato torna necessário que seja alvo de cuidados materiais e médicos apropriados, de solidariedade humana e amparo afetivo especiais. A questão é que, na maioria dos casos, essas condições também não existem. Muitas vezes, a dificuldade de contar o fato para a família ou até mesmo constatar a gravidez faz com que as adolescentes iniciem tardiamente o pré-natal? O que possibilita a ocorrência de complicações e aumento do risco de terem bebês prematuros e de baixo peso. Além disso, não é raro acontecer, em seqüência, uma segunda gravidez indesejada na jovem mãe. Daí a importância adicional do pré-natal como fonte segura de orientação.

Viver ao mesmo tempo a própria adolescência, cuidar da gestação e, mais tarde, do bebê, não é tarefa fácil. E a vida torna-se ainda mais difícil para a adolescente grávida que estuda e trabalha. Igualmente, essa situação não difere com relação ao jovem adolescente que se torna pai: ele se vê envolvido na dupla tarefa de lidar com as transformações próprias da adolescência e as da paternidade, que requerem trabalho, estudo, educação do filho e cuidados com a esposa ou companheira.
- Orientação sexual e afetiva:

Os programas de educação sexual transmitidos pelas escolas vêm cumprindo papel fundamental, já que permitem o diálogo e a circulação de informações sobre a sexualidade. Os meios de comunicação e as campanhas publicitárias também têm abordado com freqüência esse assunto, particularmente visando a prevenção das doenças sexualmente transmissíveis e AIDS.
É função dos serviços de saúde implantar programas especiais à disposição dos jovens, para informá-los e cuidar deles, se necessário.
Os adolescentes não precisam sentir vergonha. Além de ser um direito, os profissionais de saúde têm prazer em recebê-los e, através dos serviços oferecidos, possibilitar-lhes informação a respeito dos vários métodos anticoncepcionais existentes. É bom lembrar que, desde a primeira relação, será necessário se proteger. Quem transa sem os cuidados devidos, pode engravidar.

(texto de campanha feito no Pará)

…………………………………………………………………………………………………..

Peripécias de uma cidade com 18.000 habitantes

Marcondes] [http://marcondes.blog.terra.com.br/] Conheci Rondonópolis há muitos anos, ficava no trajeto entre Campo Grande e Cuiabá. Lembro que era uma cidade  pequena, pacata e muito quente. Nunca mais fui para lá e raramente se ouve falar dela. Um amigo que mora em Dourados me comentou que o progresso chegou lá, cresceu muito de certa forma isso embaça um pouco a aberração desse episódio em que um menino perdeu a vida. Penso assim, por que o junto no mesmo pacote do bendito progresso vem o maldito progresso e com ele suas mazelas, suas barbáries e o impiedoso rescaldo de suas tristezas. Que saudades das “inúmeras Rondonópolis” que conheci, pequenas, muito quentes e sobretudo pacatas e que não já quase não existem mais.

Resolvi escrever este post, depois de ler o comentário do Marcondes, sobre o incidente (acidente) em Rondonópolis, nós somos em 18.000 pessoas contando com a zona rural, e acontece tantos absurdos por aqui que vou narrar alguns.

A prostituição infantil, aqui é uma coisa visível, as autoridades sabem e fecham os olhos, uma menina sumiu, uma senhora cliente minha que me contou, ela procurou a policia, eles fizeram uma ronda e não deu em nada, esta senhora procurou as amigas da menina, estapeou uma, até ela dizer onde a moça estava, acharam ela em um quartinho presa com três rapazes, a dois dias sem comida e já tinha sofrido todo o tipo de abuso, ela tem somente 14 anos. Ninguém foi preso.

Gravidez na adolescência aqui virou moda, você passa na frente da escola, são crianças carregando outra, a juventude aqui não tem nenhuma perspectiva de vida, não temos empregos, o acesso as drogas é uma coisa muito simples, é mais fácil comprar maconha e cocaína do que pegar água na bica.

Um policial foi morto pelo companheiro em uma perseguição policial, o policial que estava no banco de trás mirou e o que estava na banco da frente saiu e foi acertado na nuca, o caso foi abafado.

Um ex- padre e ex-prefeito de uma outra cidadezinha próximo daqui, foi preso por dirigir embriagado, e estar armado, entrou na justiça por abuso por parte da policia, (brincadeira né).

Somos uma cidade formada por famílias da região e os paus rodados (gente de fora), na época de campanha cada família apóia um candidato e quase se matam entre si, o que ganha acaba se juntando com todos, para repartir “o pão”, a prefeitura é um cabide de empregos, por exemplo o hospital tem uma verba mensal em repasses de R$35.000 só a folha de pagamento gira em torno de R$65.000, (só falta colocar o nariz vermelho no cidadão e mandar virar cambalhota).

O índice de furto a residências aqui é alto, inclusive eu já fui assaltada a mão armada, o Banco do Brasil recebe visitas a cada três meses. E ninguém é preso, esta virando rotina, a maioria dos comércios já receberam estas visitas indesejáveis, alguns mais de uma vez.

Temos um lugar tombado pela política local é um pé de manga na praça da cidade, no sábado dia de feira se junta a cambada toda , prefeito e vereadores aliados e os famosos puxa-sacos (buscando as migalhas caída da mesa)eu tenho uma vista privilegiada (ou amaldiçoada) de onde eu trabalho, se aquele pé de manga falasse faria um bem a população, na verdade eu não sei como ele não morreu ainda (haja abobrinha).

A falcatrua ocorre na Câmara  de Vereadores todos os presidentes compraram o cargo, inclusive um vereador estava preso até uns dias atrás, (ele era carcereiro da delegacia e soltou um criminoso de alta periculosidade ele retalhou a ex-mulher, no padrão do Jorge Farah), e não virou nada na justiça acho que teve imunidade parlamentar. A ultima piada parlamentar foi um jornalzinho que saiu mostrando o índice de rejeição do prefeito 40,3%, um servidor publico disse: _ Então melhorou, na campanha ele tinha 65% (eu me pergunto como ele se elegeu?) você já imagina a resposta, e é esta mesmo compra de votos principalmente na zona rural onde o analfabetismo é quase total.

http://rosamuraro.zip.net/arch2007-05-27_2007-06-02.html

About these ads

16 Respostas to "Sexo precoce? Gravidez precoce?"

Gostei muito do site bem completo e resumido.
Tenho 15 anos e estou fazendo um trabalho sobre sexo e como ja sou mãe
coloquei esse assunto ” Sexo na adolecência ” para explicar o pouco mais prada toda a escola e mostra para eles q não é tão simples como pensam e para que eles possam se cuidar mais e se previnir melhor.
Este site me deu mais ideias e peguei alguns textos de vocês pois esta muito bom.
Estão todos de parabéns.
Beijos.

Eu sou uma pessoa só, só meu faço o site. Fico feliz que tenha gostado.

Gostei do site pois me trouxe idéias para o meu trabalho e descobri novas formas de alertar a galera!

Parabéns Obrigada!

Gostei de mais do site, tenho 16 anos e me ajudou a colocar ideias para o meu trabalho que fala sobre gravidez na adolescência amei federal…………………………………………………………….

Chibata Parabéns

Fico feliz. Depois colocarei meu outro site aqui. O link pra ele. Esse eu não alimento mais, Cristiane.

este site mostra a realidade da vida,podemos aprender bastante…ensina que devemos nos previnir,então se deixando levar por uma ilusão que pode durar a sua vida enteira.Vos deixo essa mensagem”a gravides na adolescencia pode ser muito dificil porque existem jovens neste mudo que é abandonada pelo pai da criança e não tem condições de se conter,por isso nunca se deixe levar por uma iluzão que pode dure uma vida inteira.

PARABÉNS…………………….

os esclarecimentos estão ótimos, más gostaria de ter mais imagens, bem como, entrevistas.

tenho 17, anos estou gravida do meu primeiro filho
estou no meu 4°mes de gestaçaõ minha mãe ainda naõ sabe
quando ela souber ela vai me matar ….
mas fiz uma promessa de naõ tirar filho nenhum..
entaõ tenhoo que comprir…
quando fiko triste sinto meu filho mexer é uma senssaçaõ inesplicavel…
bejus

gOostei poiS nós deu informações preciisas para alguns tipOs de trabalhOs escolares ;*

adorei o comentário de gravidez preconce me ajudou muito ,para o trabalho que estava fazendo no colégio sobre o mesmo asssunto ,tenho certeza que esse comentário serve de instrução e informação para jovens como eu ,que estão nessa fase tão maravilhosa e ao mesmo tempo ,para muitos o começo de uma maternidade ou paternidade preconce.

EXCELENTE ! Contribui com informações irreleleventes ao meu trabalho . E estou interessada em saber das aulas on-line , como é ? Paga uma taxa ? Vc nos fornece algum material para leitura ? Há prova? Há exercícios para atingir a competência em se escrever melhor , como é ? Se possível gostaria desenvolver habilidades em textos dissertativos na área educacional . Caso , haja dúvidas estou aguardando seu e-mail ,para nos comunicarmos para uma nova aprendizagem .

Grata.

Veja que eu coloquei no remetente : ANONIMO , desculpa-me , no momento que eu enxerguei já havia apertado o “botão errado” …rsr ! Mas se puder entrar em contato comigo , aguardarei.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: